quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Distúrbios Alimentares

Oii!!

Tudo certo?

Acho interessante abordar esse tema, pois muita gente não tem noção do quanto é grave os distúrbios envolvendo a alimentação, ou melhor, a falta dela..



Desde que nos tornamos adolescentes, somos forçados a seguir o tal padrão de beleza, e isso acaba nos levando a um perfeccionismo exacerbado da nossa parte e boa parte dos pais também.
Quando é lhe imposto, que você deve comer menos pra não engordar desde criança, toda a mentalidade dessa criança pré adolescente passa por um processo não muito certo para a idade dela, é aí que entram os casos de Anorexia, e Bulimia principalmente nas meninas-modelos, pois elas não tem noção do mal que isso traz pra saúde.


Eu particularmente nunca tive nenhum problema desse aspecto, sempre fui uma criança gordinha e não me importei com isso,mas quando fui crescendo sabia que precisava me cuidar, e como sempre fui de ler e escrever bastante, já vi que essa de anorexia não era pra mim, pois os problemas que isso trás, são na maioria das vezes, irreversíveis. Mas os casos que normalmente vemos de meninas que fazem de tudo pela aparência magra ao extremo, e que há todo um trabalho de psicologia, psiquiatria e nutrição por trás disso.

Meninas anoréxicas não enxergam o corpo como ele realmente é, há uma distorção de imagem muito grande, se enxergam gordas, apesar de estarem com os ossos em evidência e muitas vezes à beira da morte, isso faz delas, o pior caso a ser tratado, e muitas acham que não tem problema nenhum.

 A interação da psicologia, para que ela veja seu corpo como ele é, e o acompanhamento nutricional, para que ela não deixe de comer são fundamentais.
Pessoas que sofrem com anorexia, com o tempo pode apresentar problemas como desidratação, anemia, hipoglicemia, insuficiência renal, atrofia muscular, descompasso cardíaco, perda de massa óssea, maior propensão a infecções, pois o sistema imunológico está fraco, aumento das chances de morte por choque hipovolêmico também, problemas hormonais graves, como ausência de menstruação e infertilidade, como disse anteriormente, alguns problemas são irreversíveis, e a infertilidade é um caso desses,  devido aos problemas psicológicos que pode desencadear ou acentuar uma depressão, e casos de pacientes que acabam por interromper intencionalmente suas vidas, portanto isso é extremamente sério, e deve ser encaminhado para tratamento logo que os pais perceberem as modificações do (a) jovem.

Já com a bulimia, a pessoa geralmente tem o peso normal, mas força o vômito, porque se sente culpada por comer, e quando libera a comida de volta, faz com que esse peso no consciência por ter comido demais, amenize. Puro engano, pois uma vez que as calorias já ingeridas, elas não se desfazem, as calorias continuarão no organismo. Os riscos dessas doenças são menores na bulimia, mas possíveis sim, e talvez até mais traumatizante, pois não se pode descartar a probabilidade de câncer no esôfago e no trato gastrointestinal, pois forçar o vômito seguidamente, machucam essas áreas, e tem algo mais traumatizante do que câncer na adolescência?  É de se pensar....

Os dois casos de distúrbios e de inúmeros outros, são doenças de muito tempo, apesar de não muito divulgado, é muito necessário que os pais ajudem muito nessa fase, e que a pessoa aceite a doença e procure tratamento, caso contrário, você pode morrer, e não adianta mais ser magra embaixo da terra.


Esse texto é de minha autoria, espero que gostem, e levem mais a sério esses problemas alimentares!!

Beijos cheios de vitaminas pra vocês!!!